Home envestimento Como ANALISAR e ESCOLHER as melhores ações pra 2020! | Como eu...

Como ANALISAR e ESCOLHER as melhores ações pra 2020! | Como eu analiso as minhas ações?

Hoje eu vou mostrar pra vocês ou melhor eu vou compartilhar a minha metodologia de como eu escolho ações, como eu invisto em renda variável. Então eu tenho cinco caixinhas que são muito importantes de você entender como funciona, de você analisar e isso daqui talvez seja a grande diferença entre você escolher um bom ativo e um péssimo ativo, uma boa empresa que tem um grande potencial e uma péssima empresa que às vezes parece ter potencial, mas na verdade não tem. Então fica comigo até o final porque talvez você entenda o como eu tomei decisões que no ano passado me ajudaram a ter mais de R$1 milhão só em rendimentos. Vamos lá! Antes de eu entrar no assunto mais técnico, eu quero fazer um disclaimer aqui. Dois, na verdade.

Primeiro: nada disso é uma recomendação. Eu não quero que você siga isso à risca, mas sim que se inspire com esse tipo de coisa, que aprenda com esse tipo de coisa e crie a sua própria metodologia ou que use isso para melhorar a sua metodologia já existente ou a sua
forma de investir o seu dinheiro.

2° Como Invisto de forma estratégica?

Segundo ponto: como que eu invisto de uma forma mais estratégica o meu patrimônio? Eu divido o meu dinheiro em quatro partes, eu tenho uma parte em ações no Brasil, uma parte em fundo imobiliário, uma parte em investimentos internacionais e uma parte em caixa. Eu tenho ações que eu considero a caixinha de negócios, porque não tem nada mais lucrativo do que negócios e negócios no Brasil onde eu conheço muito bem. Não tem nada mais lucrativo do negócios e em dólar, porque eu preciso de uma diversificação de países, caso um dia aconteça algum problema com o Brasil ou a própria variação cambial, eu preciso me proteger disso.

fundos imobiliarios
fundos imobiliários

3° Eu preciso ter fundos Imobiliários?

Terceiro ponto: eu preciso ter fundos imobiliários porque eu tenho uma receita mensal que entra na minha conta e eu utilizo pra rebalancear o meu patrimônio. Isso é muito importante, e de forma isenta, porque eu não pago imposto de renda sobre rendimentos de
fundos imobiliários.

4° Reserva de emergência

E o quarto ponto da minha carteira é um ponto extremamente estratégico, é o que a gente chama de caixa, é a minha reserva de emergência. É aqui que eu uso esse dinheiro pra manter a minha sanidade em momentos de crise e poder comprar barato quando ninguém mais tem dinheiro para comprar. É vender lenço quando está todo mundo comprando lenço.

Então eu tenho essas quatro caixinhas e quando uma dessas caixinhas sobe muito, eu vendo ela e compro a caixinha que eu tenho menos e eu vou rebalanceado assim o meu patrimônio. E se eu fizer isso de forma consistente, eu tendo a ter uma carteira um pouco mais estável, um pouco mais segura. Eu tendo a comprar coisas mais barato e tento a vender coisas que estão mais caras. Então essa é a minha metodologia e eu fiz um estudo desde 2009 até hoje e o que teria acontecido, teria sido mais ou menos isso. A carteira não teria sido a melhor de todas em nem um ano e nem a pior, mas o resultado dela consolidado estaria entre os melhores resultados. Porque como o Warren Buffet sempre diz, o segredo é você não perder dinheiro e quando tem uma carteira como essa, eu passo muito bem por momentos de crise. E se eu fizesse tudo isso eu poderia ter tido rentabilidades interessantes, é o que eu venho fazendo há mais de 25 meses no Rumo ao Bilhão, que é o quadro que eu invisto o meu dinheiro na prática com skin in the game.  Vocês têm acesso às minhas decisões. Eu não digo o que você tem que fazer, eu falo pra vocês o que eu faço, é só isso. Isso não é uma recomendação, tá bom? Então vou entrar agora no conteúdo técnico.

fundos imobiliarios
fundos imobiliários

Como funciona minha estrategia de investimentos?

Minha estratégia de investimentos? Eu tenho uma metodologia pra cada classe de ativo. Pra ações eu olho pra cinco coisas: eu olho pra lucratividade ou rentabilidade dos negócios, eu olho pra endividamento, eu olho para o crescimento do negócio, eu olho pra governança corporativa disso e eu olho para o preço. Vamos começar aqui então pra lucratividade e rentabilidade. O que que a gente deve olhar quando a gente quer entender um pouquinho mais sobre a lucratividade de um negócio? Ou a rentabilidade de um negócio. Quando a gente está falando de indicadores de rentabilidade e lucratividade, tem três que são muito legais e importantes de você olhar. Você tem o ROE, você tem o ROIC e você tem a margem líquida.

Oque é ROE ?

Vamos falar um pouquinho primeiro sobre o ROE. Vamos pegar a Ambev. A Ambev todo mundo conhece, muita cerveja e tudo mais e aí a gente tem o ROE. O ROE da Ambev 17,07%, o que que significa isso? Significa que se você pegar o lucro líquido e dividir pelo patrimônio líquido da empresa, você vai ter esse percentual de 17,07%. Isso significa que é a essa taxa que nos últimos 12 meses a Ambev remunerou o capital dos acionistas, o equity, o patrimônio líquido. Então essa é a definição do ROE, só que eu vou mostrar uma coisinha para vocês breve aqui que é uma planilha que eu uso com os meus, por exemplo, eu peguei o balanço patrimonial de Magazine Luiza, eu peguei o demonstrativo de resultados de exercício de Magazine Luiza. Então eu peguei aqui o ROE, dívida líquida, ROIC, dívida bruta, peguei várias margens, margem bruta, margem EBITDA, margem líquida. Tudo isso você tem que olhar quando você for comprar uma ação, mas eu vou falar só do ROE que eu acho que é um indicador um pouco mais simples aqui. Então olha só, estou aqui em margens Magalu, estou aqui em lucro líquido.

tudo sobre o ROE
tudo sobre o ROE

Lucro liquido

Lucro líquido, esse número de 189,6.  Agora a gente precisa entrar no patrimônio líquido, certo? Patrimônio líquido é basicamente ativo menos passivo e a gente vai ter que o total do patrimônio líquido: 2.302,9. Se a gente fizer esse primeiro número então sobre esse segundo, vai dar esse número, vai dar um ROE de 8,24%. Então essa é a forma mais detalhada.

Mais esse ROE é bom?

 Esse ROE é bom? Não sei, então geralmente você tem que olhar para empresas parecidas. Por exemplo, vamos olhar pra Fleury, Fleury aqui. O ROE de Fleury, o ROE de Fleury está em 18,10%. Legal, vamos procurar o ROE dos concorrentes do Fleury? A gente tem aqui Hermes Pardini. Quanto que é o ROE de Hermes Pardini? É um ROE de 20,98%. Caramba, então significa que essa empresa par de três está remunerando os acionistas a uma taxa maior do que Fleury, pelo menos nos últimos 12 meses. Então é legal você fazer esse tipo de comparação. Então eu quis falar um pouquinho do ROE porque é um indicador que você precisa olhar, mas não para por aí. Vocês precisa olhar para ROE, você precisa olhar para o ROIC, você precisa olhar pra margem líquida, margem bruta, margem EBIT, enfim, você precisa olhar pra tudo.

lucratividade e Endividamento

Falamos então de lucratividade, vamos falar de endividamento. Quando a gente fala em endividamento a gente pode jogar para vários indicadores. A gente pode olhar para a dívida líquida sobre EBITDA, a gente pode olhar para liquidez corrente, gente pode olhar para liquidez seca, enfim, eu optei aqui por falar um pouquinho com você sobre liquidez corrente e também falar um pouquinho sobre liquidez seca. Por quê?

liquidez corrente
liquidez corrente

O que é Liquidez Corrente?

O que que é a liquidez corrente? Pensa que uma empresa ela tem uma série de coisas para receber aqui e tem um dinheiro em caixa. Isso daqui é o que a gente chama de ativo circulante e aí a empresa tem uma série de compromissos que ela precisa honrar, que é abaixo de 12 meses, também. Isso daqui a gente chama de passivo circulante. Então se a gente fizer o ativo circulante sobre o passivo circulante, eu tenho o que a gente chama de liquidez corrente. E se eu tiver uma liquidez corrente de um, o que que significa? Que o ativo circulante é igual ao passivo circulante. Se eu tiver uma liquidez corrente de dois, significa que eu tenho duas vezes o dinheiro sobre os meus compromissos de curto prazo. Uma liquidez corrente maior ela costuma ser melhor. Vamos pegar aqui liquidez corrente de Hermes Pardini. Poxa, está em 1,86 certo? Então isso aqui é bacana, só que aí tem algumas pegadinhas que eu já vou te explicar que você precisa olhar quando você está analisando uma empresa. Então o que que eu fiz aqui? Eu puxei um DRE e o balanço patrimonial de WEG. WEG é uma das empresas mais queridas pelos investidores no Brasil hoje. É uma empresa que aliás é óbvio que ela é muito querida não só porque ela tem bons fundamentos, mas se você for puxar a rentabilidade dela histórica, olha que bonita… É uma rentabilidade ascendente, com pouco oscilação, as pessoas gostam disso.

Como eu calculo liquidez corrente?

Então como que eu calculo liquidez corrente? Eu puxo ativo circulante menos passivo circulante. E onde que eu encontro isso? Eu encontro aqui no balanço patrimonial, então eu puxo, o ativo circulante. Coloco esse número na tela. Você tem aqui 9.569.000 e eu puxo o passivo circulante, que está em 4.156.000 e alguma coisinha. Esse ativo circulante sobre o
passivo circulante vai dar a liquidez corrente e é muito importante você saber disso porque isso daqui mostra que a empresa está saudável. Você não quer uma empresa que vai quebrar, então é importante você não olhar só pra rentabilidade de um negócio, é você olhar também para o endividamento empresa.

Pegadinha

A pegadinha é: existe uma coisa no ativo circulante chamada estoque. Pensa numa loja de roupa. A loja de roupa, vamos supor que ela não tem nenhum no caixa, mas ela tem R$1 milhão em estoque. E ela tem um compromisso que vai vencer daqui a um mês. Ela consegue vender todo esse estoque que ela tem no curto prazo? Às vezes não. E se ela precisar vender muito rápido, às vezes ela vai fazer aquela queima de estoque. Então o que está com R$1 milhão, na verdade ele vai cair para R$200 mil? Não sei. Então na verdade essa liquidez corrente ela pode te enganar quando você está falando com uma empresa de varejo, muitas vezes. Então por isso que aí a gente vai olhar pra o que a gente chama da liquidez seca. Eu vou pegar então ativo circulante menos o estoque sobre passivo circulante. Toma cuidado, quando você for olhar pra uma empresa que tem as características, retira o estoque se você quiser uma segurança máxima. É como se você estivesse sendo muito exigente com grau de endividamento da empresa para que você tivesse mais segurança. Então essas são as duas coisas, forma de rentabilidade e forma de endividamento.

crescimento saudavel de uma empresa
crescimento saudável de uma empresa

Crescimento de uma Empresa

A gente precisa olhar é para o crescimento. Por quê? Eu quero uma empresa que cresça, não é? Eu não quero uma empresa que seja estável ou que esteja em decadência, eu quero uma empresa que cresça. Só que aqui as pessoas fazem muito cálculo errado. Então tem vários indicadores de crescimento, então você vai olhar pra CAPEX muitas vezes, que é o investimento que você faz sobre depreciação. Você tem uma série de indicadores aqui, mas eu quero falar sobre um que é o CAGR. O CAGR é o Compound Annual Growth Rate, ou seja é a taxa de crescimento anual composta de alguma determinada ação. Então se a gente for pegar o CAGR do EBITDA dos últimos cinco anos, se o EBITDA está em 100 e há cinco anos atrás ele estava em 50, o CAGR não é de 100%. Na verdade ele também não é de 20% ao ano, se demorou cinco anos. A gente precisa fazer um crescimento composto anual. Como eu calculo isso? Você vai fazer o valor final sobre o inicial e aí você vai elevar isso daqui a 1 sobre o período de anos. Mas já que o EBITDA no ano, você tem aqui ano um, ano dois, imagina que a gente vai até o ano cinco aqui, então o EBITDA no primeiro ano foi de 100, no segundo ano foi de 120, no terceiro ano foi de 140, no quarto ano foi de 170 e no quinto ano foi de 200. Então vamos supor que isso que aconteceu com essa determinada empresa, como que eu calculo isso daqui? Eu vou pegar o valor final sobre o valor inicial e aí eu vou e levar a 1 sobre 5, porque é o período, são cinco anos aqui, menos 1. Ou seja, deu um CAGR de 14,87% anual, significa que essa empresa teve um crescimento composto anual de 14,87%. Por que que isso é importante? Porque eu quero ter uma noção de como essa empresa conseguiu crescer em períodos bons e em períodos de crise, porque a gente acaba usando isso, muitas vezes, como uma forma de entender como a gestão da empresa se comportou e o que que ela conseguiu fazer com a empresa em termos de crescimento. Então esse é um indicador legal pra você olhar e ele é bom pra você pensar em projeções e você não pode deixar de olhar também para CAPEX sobre depreciação. Esse é um indicador que não em quase nenhum lugar, se você for ver até no Status Invest não tem também, porque é o seguinte: o CAPEX é o Capital Expenditure, ou seja, é o dinheiro que você vai investir em um negócio, investir. Por exemplo, você vai montar uma fábrica: CAPEX, o dinheiro pra manter ela mensalmente: OPEX. Então o CAPEX ele é importante. Só que o que que é mais importante que isso? Que ele seja superior a depreciação das suas coisas. Você tem equipamentos avaliados em R$100 milhões e aí a depreciação fez os seus equipamentos depreciarem esse ano 10%, R$10 milhões de depreciação. E aí a empresa diz que investiu um CAPEX de 5 milhões. A empresa está investido menos do que os materiais se depreciaram, então você precisa tomar cuidado, por isso que você precisa olhar para esse indicador quando você vai analisar um negócio. Então por isso que o que você quer aqui é um CAPEX sobre a depreciação maior do que 1. Significa que a empresa está investindo de fato para crescer e não só pagando o preço da depreciação. Isso é muito legal pra você olhar também.

crescimento
crescimento

Governança Corporativa do Negócio

A gente precisa olhar para a Governança Corporativa do negócio. Por quê? Porque você vai
investir num negócio, numa ação e você precisa pensar que você vai virar sócio dessas pessoas. Obviamente você não tem um ônus, mas você vai virar sócio, então você não quer que essas pessoas tomem decisões idiotas, decisões não pensadas, decisões não profissionais. Você não quer pessoas envolvidas em polêmicas, em escândalos, em lava jato, você não quer essas coisas. Então por isso que você precisa olhar pra empresa que tenha uma governança corporativa muito cristalina, muito positiva e aqui você tem várias coisas pra você olhar. Você tem que olhar a Tag Along, histórico dos sócios, dos principais executivos, tem uma coisa que acho muito legal que talvez se sobressaia de todas as outras, que é o que a gente chama de skin in the game, esse é um pilar que eu defendo muito

Então, eu invisto o meu dinheiro publicamente todos os meses. Pro bem e pro mal, vocês veem eu acertando e errando, isso é ter pele em risco. Agora, se fosse uma grande brincadeira e eu não tivesse dinheiro e eu só ficasse brincando, vai subir, vai cair, eu não tenho responsabilidade sobre os meus atos. E quando você vira sócio de uma empresa na bolsa, o que que você quer? Muitas vezes você prefere que os executivos também sejam sócios, porque você quer que eles tenham a pele deles em risco também. E tem uma forma de você saber se eles têm a pele em risco e isso é mágico. Isso é mágico! Você que investe em ações, você tem que saber se os executivos da sua empresa eles são acionistas também. Porque se o resultado de uma empresa é a consequência dos atos dessas pessoas, você quer que elas estejam alinhados com você. Afinal de contas, se você olha pra uma empresa e os executivos não tem ações. Se esses caras que têm mais informação do que qualquer pessoa, eles não têm ações, por que que agente deveria ter?”. Então isso daqui é o que a gente chama de CVM 358. Você consegue ver na CVM se os executivos das empresas eles compraram ações, se eles venderam ações da própria companhia, se eles têm ações.

investimentos
investimentos

Exemplo de OIBR

Um exemplo de OIBR. Eu não estou falando se vale a pena investir ou não em um Oi, mas os executivos de Oi eles quase não têm ações de Oi, olha aí. Isso daqui você consegue consultar, é público e com certeza te ajuda a tomar decisão. Se você for olhar pra Sinqia, você também consegue consultar até no site de RI deles isso daqui. Dá pra ver se eles têm ações ou se eles não têm. Então existe um processo de você entrar no site da CVM pra buscar esses documentos mas, enfim, isso e todas as outras características e pontos de vista e coisas que você deve olhar e buscar pra analisar a governança corporativa de uma empresa também.

Preço

E último ponto que a gente olha é o preço, porque não adianta nada eu entender que essa
é uma baita empresa e ela estar cara demais. Exemplo uma garrafinha, e se eu falasse pra você que ela custa R$10 mil? Você pagaria R$10 mil nessa garrafinha? Talvez não, talvez não. Mas se eu falasse que essa garrafinha custa R$20, R$30, R$40, talvez sim. Porque mesmo que seja um bom produto, você precisa de um preço interessante e relativo ao valor que isso daí gera pra você. Então a gente precisa olhar pro preço e tem vários indicadores que a gente olha quando a gente está falando de um preço de uma ação. A gente tem que olhar pra P/L, a gente tem que olhar pra P/VPA, tem uma série de indicadores que a gente olha, mas eu vou falar um pouquinho só do P/L aqui. Como que a gente calcula? Fácil: preço da ação sobre o lucro da ação, o lucro por ação. Ou você pode pegar também o valor de mercado da companhia sobre o lucro líquido da companhia, você
pode fazer isso também. Então fazendo isso você consegue calcular o quanto essa empresa vai demorar pra te pagar, através do lucro dela, o investimento que você fez. Então eu peguei aqui, o DRE e o balanço patrimonial de JHSF. Então o que que eu fiz aqui? Eu peguei o preço da ação, estava 1,84 quando a gente fez isso, vezes o total de ações. Então pega o preço da ação vezes o total de ações, você vai ter o quanto vale essa empresa. Eu tenho aqui o quanto vale essa empresa. Então eu preciso fazer o preço que é isso, sobre o lucro. E como que eu calculei o lucro aqui? O lucro eu peguei, basicamente, o DRE e aí eu vim aqui no H17, que é o lucro líquido dos últimos 12 meses, porque no DRE de JHSF você tem isso de uma forma trimestral. Aqui é o segundo trimestre, primeiro trimestre, quarto trimestre e terceiro trimestre, somo tudo isso e eu tenho o lucro dos últimos 12 meses. Então se eu fizer o valor da empresa sobre o lucro líquido, eu tenho o P/L e você consegue ter clareza desses números. Então quando você vai olhar pra uma empresa, você tem que olhar pelo menos pra essas esferas de uma empresa e dentro de cada esfera você tem vários indicadores pra você olhar para minimamente você tomar uma decisão consciente sobre o negócio que você quer virar sócio ou não. E aqui eu falei de alguns poucos, no meu curso eu falo sobre muitos outros.

Dicas de cursos

Primeiro porque o curso ele se propõe a trabalhar três áreas da sua vida: a te ajudar a investir melhor o seu patrimônio. Você precisa investir melhor, o seu dinheiro precisa trabalhar pra você enquanto você está trabalhando, porque isso daqui significa que você vai conseguir chegar mais rápido no momento de poder viver de renda se você quiser. Só que você só vai conseguir viver de renda se você investir o seu patrimônio e juntar com duas outras coisas que o curso vai ter ajudar, que é você gerenciar suas finanças pessoais, porque não adianta você querer investir se você não consegue gerenciar a sua grana e também vai ter que ganhar dinheiro. Então você pode ser um carreirista ou você pode ser empreendedor ou um intraempreendedor, existem métodos e técnicas e dicas que podem te ajudar aqui. Então essas são as três áreas que o curso vai te ajudar a desenvolver. Se você quiser uma forma mágica, não existe. Mas se você quiser estudar, aprender, tomar sua própria decisão, os curso é pra você. Não só se você já investe ou se você quer começar a investir, não só se você gerencia mal ou bem suas finanças pessoais, ou não só se você já está crescendo na carreira.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Must Read

Como ANALISAR e ESCOLHER as melhores ações pra 2020! | Como eu analiso as minhas ações?

Hoje eu vou mostrar pra vocês ou melhor eu vou compartilhar a minha metodologia de como eu escolho ações, como eu invisto em renda...

Cartão de crédito MULTIPLUS Itaucard E Itau, vale a pena?!

Hoje falaremos sobre o cartão multiplus fidelidade Itaucard e dos cartões Itau. Nós falaremos sobre os quatro cartões multiplus fidelidade que são: Internacional, Gold,...

Qual MELHOR BANCO, CONTA e CARTÃO DIGITAL em 2019!? | Minha experiência!

Depois de fazer o cadastro em várias dessas novas fintechs e passar quase um ano usando todas elas, eu vim aqui pra te ajudar...

ITAUSA OU ITAÚ? QUAL AÇÃO É A MELHOR?

Hoje, sanaremos potencialmente a dúvida mais quente, mais pedida, a dúvida que mais existe no mercado financeiro, que é a de se vale a...